Victor Loureiro no Centro Cultural do Patronato

“Sua bundinha Deixou na areia A forma exata De um coração”!


(Mário Quintana, “Preparativos de Viagem”, pg 137)

Sentei... a ouvir poemas, que por alguns minutos, após lidos eram atirados na plateia em aviãozinho de papel (ao sentar recebi o poema acima). Victor Loureiro, em conversa sobre o ofício do verso – “O Poder da Criação”, pilotava acompanhado pela aeromoça e esposa, poesias suas e de diversos outros autores.

Uma noite, que poderia ser como tantas outras, se não fosse à palavra do poeta em suas narrativas que deixaram a plateia, que por sinal seleto, absorvido em uma viagem sem volta. Os responsáveis pelo Centro, Borghi e Moraes, garantiram mais escritores da região.

Estarei no acento com bilhete, passaporte para mais uma boa viagem !



0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo