Antônio Filipak na Cultura




Atuais Contextos a Nova Iguaçu Cultural

Desde o “Encontro das Culturas”, em 18 de agosto de 2001 no Centro de Formação de Líderes no bairro Moquetá, houve avanços relevantes associados às políticas públicas de uma Nova Iguaçu Cultural. A partir dali, o Município revigora suas ações no cenário cultural da Baixada Fluminense.


Nesses 10 anos, diversos avanços ocorreram, com destaque para a participação de Antônio Filipak - gestor cultural - na liderança do setor das artes visuais, nesse que foi o primeiro seminário de cultura em Nova Iguaçu.


Entre várias reivindicações, conquistaram-se a criação da Secretaria de Cultura e Turismo e do 1° Conselho Municipal de Cultura, o qual Filipak ocupou o cargo de 2º secretário, além da Casa de Cultura, atual Espaço Cultural Sylvio Monteiro, em 2004.


A partir destas conquistas, podemos acrescentar: o “Fundo Municipal de Cultura”, referência nacional em política cultural, as incursões artísticas no “Projeto Bairro-Escola”, a continuidade das “Conferências” e as reflexões para a implantação do “Plano Municipal de Cultura”. No entanto torna-se urgente e necessário, paralelamente, priorizar novos rumos propondo ações de Políticas Públicas nas seguintes áreas:


Em parceria com a Secretaria de Educação: - Restauração, tratamento, digitalização, publicação e mostras em local próprio e itinerante do Patrimônio Histórico, Artístico e Cultural, incluindo o tema na formação educacional da população; - Aplicar o ensino da música nas escolas públicas, Lei nº 11.769 do Governo Federal que determina 2011 o ano final de implantação, como conteúdo obrigatório, mas não exclusivo, no ensino fundamental e no ensino médio em sua grade curricular.


Em parceria com Secretaria do Meio Ambiente: - Estudos e reaproveitamento de espaços físicos viabilizando o turismo sustentável, com responsabilidade ambiental, em parceria com a Secretaria do Meio Ambiente e Agricultura, no entorno da Reserva Biológica do Tinguá e do Parque Municipal de Nova Iguaçu.


O Poder Público e a Sociedade: - Implantar um plano de ação, pactuada entre as diversas forças do Município, fundamentado na Casa de Cultura/Espaço Cultural Sylvio Monteiro, na revalorização conceitual e fortalecimento de sua simbologia, como marco cultural da cidade envolvendo Poder Público, Sociedade Civil Organizada, Empresários, Movimentos Populares e os Artistas locais.


(Algumas propostas que fundamentam o “Plano Estratégico de Políticas Públicas para a Cultura e Turismo” para uma “Nova Iguaçu Cultural” de Antônio Filipak)


Aglutinar diferentes pensamentos enriquece a interação de ações, em busca da afirmação de um projeto cultural para Nova Iguaçu!


APOIOS CONFIRMADOS:

Ney Alberto (INSTITUTO HISTÓRICO E GEOGRÁFICO DE NOVA IGUAÇU) – Antônio Lacerda (HISTORIADOR DA DIOCESE DE NOVA IGUAÇU) – Vicente Loureiro (ARQUITETO E SUBSECRETÁRIO DE URBANISMO DO ESTADO) – Mário Marques (EX-PREFEITO DE NOVA IGUAÇU) – Jorge Gama(EX-DEPUTADO FEDERAL) – Renato Jardim (DIRETOR DA ACINI - ASSOCIAÇÃO COMERCIAL INDUSTRIAL DE NOVA IGUAÇU) – Décio Lima(GERENTE REGIONAL DO SEBRAE) - Marco Antônio (EMPRESÁRIO E PRESIDENTE ELEITO 2011/2012 DO ROTARY CLUB DE NOVA IGUAÇU) - José Luiz Teixeira (ADVOGADO, MEMBRO DO CONSELHO DE CONTRIBUINTE E DIRETOR PROCURADOR DA ACINI) – Sérgio Fonseca(COMPOSITOR E EX-SECRETÁRIO DE CULTURA DE MESQUITA) – Salomão David (CORAL VOZES DE NOVA IGUAÇU) – Lirian Tabosa (ESCRITORA E FUNDADORA DO PDT) – Marlos Degani (POETA) - Fabio De Macedo(PROFESSOR E COORDENADOR DO CURSO DE BELAS ARTES DA UFRRJ, EX-DIRETOR DE CULTURA DA PMNI E FILIADO AO PDT-NI) - André S. Baptista (EMPRESÁRIO) – *Renato S. Baptista (VICE-DIRETOR GERAL DO HGNI) - Luiz Antônio Bap (JORNALISTA E DIRETOR DA RÁDIO SAÁRA) – Walceyr A. Almeida (DIRETOR DO JORNAL HOJE) - Mauro Vasconcellos(DIRETOR DA TV BAIXADA) – José Maria Azevedo (MÉDICO, EX-PRESIDENTE DA ASSOCIAÇÃO MÉDICA DE NOVA IGUAÇU E DIRETOR DA UNIMED).

OBS.:Todos os nomes citados foram consultados consentindo sua publicação. *Renato S. Baptista via seu irmão André S. Baptista.


Antônio Filipak, Artista Plástico e Designer com Graduação em Marketing, Pós-graduação em Gestão e Produção Cultural, com diversos cursos de extensão do MBA em Gestão Cultural, além da formação em Cinema de Animação, História da Arte e Músico Profissional pela Ordem dos Músicos do Brasil, com trânsito em diversos segmentos da sociedade iguaçuana em projetos culturais privados, no Rotary Club de Nova Iguaçu, além do Poder Público.


Não há futuro se no presente não referenciarmos o nosso passado.

FILIPAK PARA SECRETÁRIO DE CULTURA DE NOVA IGUAÇU

(Grupo de Apoio a Candidatura de Antônio Filipak)

11 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo